segunda-feira, 12 de maio de 2008

Dia Internacional do Enfermeiro


Comemora-se hoje o Dia Internacional do Enfermeiro e não podia deixar de expressar o meu apreço pela minha profissão e de dar os parabéns a todos os enfermeiros pelo trabalho e dedicação diários.
Em Portugal, a enfermagem enquanto profissão autónoma e organizada é muito recente. Por exemplo, a integração do curso de enfermagem no ensino superior deu-se há cerca de 20 anos enquanto que a Ordem dos Enfermeiros comemora este ano apenas o seu 10.º aniversário.
Por outro lado, trata-se de uma profissão muito estereotipada, sobretudo por razões históricas, e em geral socialmente pouco reconhecida e apreciada. As mudanças culturais e de mentalidade são sempre muito lentas, já se sabe...
Importa deixar de estar na sombra e assumir sem pudor o lugar que é nosso por direito, assumir-nos como a base dos cuidados e da promoção da saúde. Não falta competência técnica, ética ou científica. O que faltará então?

1 comentário:

Nela disse...

Falta o principal...que reconheçam o nosso valor!